Meditação preserva cérebro de envelhecimento

Meditation preserves brain from aging

 [Imagem: Eileen Luders]

Uma pesquisa da Universidade da Califórnia, constatou que a meditação ajuda a preservar a massa cinzenta do cérebro, o tecido que contém os neurônios cerebrais.

Cada vez mais os Neurocientistas vem confirmando o que o Oriente já sabe há pelo menos 5.00o anos antes de Cristo de  que pessoas que praticam meditação conseguem envelhecer com mais saúde e têm menor risco de sofrer de doenças mentais e neurodegenerativas na terceira idade.

Eles analisaram especificamente a associação entre  idade e funções do cérebro, comparando 50 pessoas que praticam meditação com 50 outras que não adotam a prática. As pessoas de ambos os grupos mostraram uma perda de massa cinzenta conforme envelheciam, entretanto as que meditavam apresentaram uma diminuição significativamente menor do prejuízo das funções cerebrais.

“Esperávamos alguns efeitos pequenos e localizados em algumas das regiões que haviam sido previamente associadas com a meditação. Em vez disso, o que observamos foi um efeito generalizado da meditação que engloba regiões em todo o cérebro,” disse o Dr. Florian Kurth, um dos líderes da pesquisa.

Os efeitos benéficos da meditação apareceram em praticamente todas as regiões do cérebro.

Fonte: Whiteman, Honor. “Could meditation reduce brain aging?.” Medical News Today. MediLexicon, Intl., 7 Feb. 2015. Web.